Hunter Biden, filho do Presidente dos EUA, considerado culpado de três crimes federais

Washington — Nos Estados Unidos, o juri do julgamento de Hunter Biden, filho do Presidente americano, considerou-o culpado dos três crimes federais, por ter violado leis destinadas a impedir que usuários de drogas comprem armas de fogo.

É a primeira vez que um familiar imediato de um Presidente é considerado culpado durante o mandato do seu pai, embora os crimes tenham acontecido antes de Joe Biden assumir a Presidência.

O filho de Joe Biden, de 54 anos, foi a julgamento por ter mentido, numa declaração que preencheu ao comprar uma arma em 2018, ao afirmar que não consumia drogas, apesar de ser, na altura, usuário de substâncias ilegais.

Hunter Biden pode ser condenado a até 25 anos de prisão e uma multa de até 750 mil dólares, mas especialistas dizem que a pena será bem menor por ser réu primário.

A decisão foi tomada há momentos e desconhece-se por agora a data do anúncio da sentença.

(Em atualização)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest