Militares sul-coreanos e americanos disparam mísseis em resposta à ação de Pyongyang

O exército da Coreia do Sul e militares dos Estados Unidos dispararam nas primeiras horas desta quarta-feira, 5, no horário local, uma série de mísseis no mar em resposta ao míssil balístico lançado por Pyongyang sobre o Japão.

O míssil norte-coreano foi de alcance intermediário e foi o lançamento de maior alcance que o país já fez.

O  Governo japonês fez um alerta para que seus cidadãos se protegessem.

A resposta foi um exercício militar em conjunto entre coreanos e americanos em que foram foram lançados mísseis de curto alcance.

Um comunicado conjunto indicou que os exercícios “mostram capacidade e prontidão para neutralizar a origem da provocação, mantendo uma postura de monitoramento constante”.

Os militares afirmaram que um míssil sul-coreano falhou logo após o lançamento e caiu, mas não causou vítimas.

EUA e Japão criticam Coreia do Norte

Antes, o Presidente dos EUA, Joe Biden, e o primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, criticaram o teste da Coreia do Norte.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse que o ato é uma violação das resoluções do Conselho de Segurança.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest