Sissoco Embaló convoca Cimeira Extraordinária da CEDEAO para analisar segurança na África Ocidental

Uma nota da Presidência da Guiné-Bissau divulgada na sua página no Facebook nesta terça-feira, 4, acrescenta que Umaro Sissoco Embaló está neste momento a “ultimar os pormenores com o seu homólogo senegalês, Macky Sall” do evento que será alargado aos principais parceiros da região. A cimeira visa “um debate sério e aprofundado em matéria de… Continue a ler Sissoco Embaló convoca Cimeira Extraordinária da CEDEAO para analisar segurança na África Ocidental

Uma nota da Presidência da Guiné-Bissau divulgada na sua página no Facebook nesta terça-feira, 4, acrescenta que Umaro Sissoco Embaló está neste momento a “ultimar os pormenores com o seu homólogo senegalês, Macky Sall” do evento que será alargado aos principais parceiros da região.

A cimeira visa “um debate sério e aprofundado em matéria de segurança” em decorrência do “surgimento de golpes de Estado registados no Mali, Guiné-Conakry e por duas vezes seguidas num curto espaço de tempo no Burkina Faso, bem como as ações terroristas desencadeadas pelos jihadistas, que têm atingido alguns países da nossa região ocidental africana (Mali, Nigêria, Burkina Faso, Niger e Togo) e central (Camarões e Tchad)”, facto que exige, diz a nota, “uma urgente concertação”.

Neste sentido, segundo o comunicado, “na procura de uma estratégia e de ações concertadas entre os países da CEDEAO e os seus principais parceiros de desenvolvimento”, Sissoco Embaló reuniu-se na segunda-feira, 3, em Paris, com o seu homólogo francês, Emmanuel Macron, tendo na agenda a atual situação política que se vive ao nível da África Ocidental.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest