Passageiros de Santiago/Fogo transportados pelo Interilhas devido a “avaria grave” do navio Dona Tututa

Os passageiros da linha Santiago/Fogo devem viajar na quinta-feira, 25, no navio interilha, devido a reprogramação feita pela concessionária CV Interilhas perante uma “avaria grave” do navio Dona Tututa ocorrida em São Nicolau.

Conforme nota enviada à Inforpress pela CV Interilhas, o “Dona Tututa” teve uma “avaria grave” no sistema de governo e manobra, comprometendo a sua capacidade de navegação segura.

“Dada a urgência em resolver esta situação, a CV Interilhas está a tomar todas as medidas necessárias para minimizar os inconvenientes causados aos nossos clientes e garantir a continuidade dos serviços”, lê-se no comunicado.

Entre as medidas tomadas, a empresa realocou o navio Kriola para realizar as viagens São Nicolau/São Vicente e São Vicente/São Nicolau, programadas para os dias 24 e 26 de janeiro.

A mesma fonte admitiu ainda que estas alterações terão repercussões na programação das viagens Santiago/Fogo/Brava e Brava/Fogo/Santiago do dia 25 de janeiro, daí que, ajuntou, os passageiros afectados serão realocados para a viagem Santiago/Fogo do dia 25 de Janeiro às 2:00, no navio Interilhas.

Entretanto, a empresa detentora espera repor a normalidade em 48 horas com o navio Tututa, que a estas horas deverá estar a ser rebocado até à ilha de São Vicente, onde será sujeito a uma reparação, visando a “rápida recuperação e total disponibilidade operacional”.

“A equipa da CV Interilhas está totalmente empenhada em resolver a avaria no navio Dona Tututa num prazo máximo de 48 horas, com a expectativa de retomar a normalidade das operações no domingo”, assegurou a concessionária, que agradeceu a compreensão dos clientes.

Por outro lado, afiançou o compromisso em fornecer actualizações sobre o progresso da reparação e a respectiva reposição das viagens.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest