PM e ministro da Educação reconhecem dedicação dos professores no processo ensino-aprendizagem

PM e ministro da Educação reconhecem dedicação dos professores no processo ensino-aprendizagem

O primeiro-ministro e o ministro da Educação reconheceram hoje, em comunicados distintos, por ocasião do Dia do Professor Cabo-verdiano, o “bom trabalho” e “dedicação” dos professores por uma causa nobre que é ensinar.

Na sua mensagem alusiva à data, que se celebra a 23 de Abril, Ulisses Correia e Silva garantiu que o executivo vai continuar a melhorar as condições laborais e de trabalho, tecnológico, de ensino e aprendizagem para que o docente possa desempenhar as suas funções cada vez “com maior qualidade”.


Já o ministro da Educação, Amadeu Cruz, na sua mensagem divulgada na página de Facebook do ministério, homenageia os professores reconhecendo e enaltecendo o papel que estes têm desempenhando enquanto actor chave no processo de ensino-aprendizagem e no desenvolvimento de Cabo Verde.


“A comemoração do Dia do Professor Cabo-verdiano inscrita no calendário dos grandes eventos nacionais, com todo o seu simbolismo e significado, traduz-se, de forma evidente, num justo reconhecimento a todos os professores e professoras, pelo zelo e dedicação à nobre função de educar e ensinar gerações, sempre com o abnegado espírito de missão, ao serviço da formação e da valorização do capital humano cabo-verdiano”, frisou na sua mensagem.


Ciente dos desafios que a pandemia trouxe ao sector da educação, o governante realçou na sua nota de homenagem, que o sistema educativo tem assumido o papel central na implementação das medidas de contenção e de combate à propagação da covid-19 nas escolas e nas comunidades.


“Os professores têm sido os principais promotores das boas práticas de higiene pessoal e comunitária, bem como do uso dos equipamentos de proteção individual e das restrições no contacto físico entre alunos no ambiente escolar”, realçou afirmando que merecem todo o louvor pelo heroísmo que têm demonstrado.


Sublinhou ainda que a consolidação dos resultados até agora conseguidos e a realização dos objetivos preconizados têm implícito o papel central do professor enquanto factor-chave do sucesso do processo de ensino-aprendizagem e da elevação da qualidade do sistema.


Na sua mensagem Amadeu Cruz garantiu que o Governo vai continuar a resolver as pendências, ainda prevalecentes, estabelecer a concertação estratégica com os sindicatos, com base no diálogo franco e sincero, tendo em vista a revisão do Estatuto da Carreira do Pessoal Docente.


Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Pode gostar também

Deixe um comentário

Follow Us