Polícia Nacional destrói 1000 armas apreendidas de 2021 a 2022

A Polícia Nacional (PN) procedeu hoje na Cidade da Praia a destruição de 1000 armas apreendidas de Janeiro de 2021 até esta parte, sendo 600 armas brancas diferenciadas e 400 armas de fogo de fabrico artesanal (“boca bedju”).

Segundo informações disponibilizadas no Centro de Comando da Polícia Nacional, onde se fez a destruição das armas, durante o controlo da fronteira foram, em 2021, apreendidas quatro armas de fogo e 71 armas brancas, enquanto em 2022, até esta parte do ano, já foram apreendidas seis armas de fogo e 34 armas brancas.

Já em atividades e operações policiais em 2021 foram apreendidas 552 armas de fogo e 2.421 armas brancas, neste ano de 2022 já foram apreendidas 404 armas de fogo e 1.635 armas brancas.

Em relação às armas remetidas a outras instâncias no quadro da cooperação investigatória, no período em causa, à Polícia Judiciária já foram remetidas 65 armas de fogo e 19 armas brancas, 16 armas de fogo e duas armas brancas ao Ministério Público e quatro armas de fogo aos tribunais.

No que diz respeito às detenções, no ano de 2021 foram feitas 489 por posse de arma de fogo, 309 por posse de arma branca e foram aplicadas 80 prisões preventivas.
No ano corrente as detenções por posse de arma de fogo são, segundo os mesmos dados, 371, 253 por posse de arma branca e foram aplicadas 55 prisões preventivas.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us