Porto Novo: Associação de criadores considera “grave” a matança de animais por cães vadios

A Associação dos Criadores de Gado do Porto Novo considerou “grave” a situação dos cães vadios que continuam a dizimar o gado caprino neste concelho, insistindo na necessidade de medidas para se pôr cobro a esta problemática.

O representante da associação, Romeu Rodrigues, disse à Inforpress que a classe se conformou com essa situação, já que as “autoridades competentes não têm tomado as medidas necessárias para resolver o problema”, considerando “grave” o facto de os cães abandonados continuarem a matar os animais.

“Estamos a passar por uma situação grave. Os cães continuar a matar os nossos animais e ninguém toma medidas, apesar das nossas reclamações”, notou este responsável, informando que os criadores de gado estão “desesperados”.

O ataque dos cães vadios ao gado caprino e suíno no concelho do Porto Novo foi uma das preocupações levantadas pelos deputados municipais durante a mais recente sessão da Assembleia Municipal do Porto Novo, que se realizou em Dezembro.

Para Romeu Rodrigues, os criadores estão a ficar sem os seus animais e não podem fazer nada para defender o seu gado, apelando a intervenção de “quem de direito” com vista à resolução desta problemática.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest