Porto Novo: Campo experimental do Planalto Norte “está de boa saúde” apesar dos constrangimentos  – promotor

O campo experimental do Planalto Norte, Porto Novo, instalado no quadro do projecto sobre sistema agro-florestais em Santo Antão, promovido pela Associação para a Defesa do Património de Mértola, Portugal, está “de boa saúde”, apesar das “dificuldades acrescidas”.

A garantia é desta organização não-governamental  portuguesa, para quem apesar da localização do campo experimental, numa zona “muito afectada” pela seca e com problemas de acesso, o campo experimental do Planalto Norte está “verde e de boa saúde”.

A Associação Luz Verde do Norte, parceira do projecto, não obstante os constrangimentos ligados sobretudo à seca,  acredita no campo experimental, já que “o  terreno é fértil”.

O presidente da associação, António Lima, acredita que “se houvesse água, o campo experimental do Planalto Norte já estaria a produzir”.   

No âmbito do projecto agro-florestal de Santo Antão, que está há oito meses a ser implementado na ilha, com financiamento da União Europeia, foram instalados três campos experimentais nos planaltos Norte e Leste e em Casa de Meio.

O campo experimental da Casa de Meio já está “a dar  frutos”, com a primeira safra de abóbora, informa associação portuguesa, explicando que os campos experimentais são uma espécie de “laboratório natural para uma agricultura inteligente, resiliente e sustentável, face às alterações climáticas” em Santo Antão.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest