Porto Novo: Comunidades clamam por um programa de recuperação das estradas carroçáveis

 As comunidades no interior do município do Porto Novo, em Santo Antão, clamam, nesta altura, por um programa de recuperação das acessibilidades, que ficaram destruídas durante as chuvas ocorridas durante o mês de Setembro.

Além das estradas de terra batida, os caminhos vicinais ficaram também danificados pelas enxurradas, situação que está a preocupar moradores de vários povoados, segundo constatou a Inforpress no local.

Planalto Norte é um dos casos “mais preocupantes”, segundo o porta-voz dos moradores, Fidel Neves, que alertou para o isolamento desta parcela do território municipal, onde várias comunidades continuam encravadas.

Fidel Neves propôs assim a implementação de um programa de recuperação dos acessos que ficaram destruídos durante as chuvas.

Também na Ribeira dos Bodes, as chuvas danificaram a estrada, que precisa de intervenções, segundo os residentes.

Henrique da Luz, porta-voz da comunidade, defende a construção de “uma estrada condigna” para desencravar a Ribeira dos Bodes, lembrando que a construção da estrada é “um compromisso” do Governo.

Os caminhos vicinais em várias localidades precisam ser recuperados, segundo os populares, informando que há muitas zonas, cuja ligação depende ainda desses acessos, que ficaram intransitáveis.

É o caso do caminho de acesso a Pascoal Alves, que, na zona Norte, que já antes das chuvas estava em “péssimo estado”, segundo o morador Manuel Gomes.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest