Porto Novo: Criadores aliviados com retoma do transporte de água no âmbito do programa de abeberamento do gado, segundo associação

O transporte de água no âmbito do programa de abeberamento do gado no município do Porto Novo, já foi retomado depois de uma interrupção na sequência de uma avaria do autotanque da edilidade porto-novense, apurou este domingo, 24, a Inforpress.

A informação foi avançada pela associação de criadores de gado, que se mostrou aliviada com a retoma do transporte da água para o gado, sobretudo na parte baixa do município do Porto Novo (Aureliano, Ribeira de Tortolho, Morro Tubarão e Ribeira Brava).

Romeu Rodrigues, representante desta associação, disse à Inforpress que o programa havia sido interrompido devido à uma avaria no autotanque da câmara municipal, problema que já foi solucionado para o alívio dos criadores de gado.

A instituição camarária é a responsável pelo transporte da água aos criadores, segundo um acordo assinado com o Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) no âmbito do programa de abeberamento do gado.

O programa, financiado pelo Programa das Nações Unidos para Agricultura e Alimentação (FAO), consiste no transporte gratuito de água para os criadores, abarcando 14 mil cabeças de gado.

Também, 70 criadores foram contemplados com depósitos de água.

Entretanto, o MAA prevê ainda no decurso deste mês de Março concluir as obras do projecto de fornecimento de água para o gado no Morro de Tubarão e na Ribeira Brava.

O delegado do MAA confirmou que as obras, depois de uma suspensão, foram já retomadas, devendo ser concluídas ainda neste mês de Março, data a partir da qual “dezenas” de criadores vão poder dispor de água nos seus currais e através de um ponto de distribuição.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest