Porto Novo: UGPE e edilidade defendem urgência na construção de novos miradouros turísticos

A Unidade de Gestão de Projectos Especiais (UGPE) e a Câmara Municipal do Porto Novo acordaram, quarta-feira, quanto à necessidade de se avançar “com urgência” com a construção de novos miradouros turísticos neste município.

Durante um encontro realizado no Porto Novo, no âmbito de uma visita de uma delegação da UGPE a este município, levantou-se também a necessidade de se avançar ainda, além de novos miradouros turísticos, com o segundo pacote de reabilitação dos caminhos vicinais em Santo Antão.

Conforme apurou a Inforpress, os operadores turísticos no município do Porto Novo têm estado a reivindicar a construção de, pelo menos, mais três miradouros, sendo dois no Tarrafal de Monte Trigo e o terceiro em Alto Mira.

Porto Novo dispõe de uma rede de quatro miradouros, todos situados nos planaltos Norte e Leste.

No quadro do projecto “Turismo Resiliente e Desenvolvimento da Economia Azul”, financiado pelo Banco Mundial, vários percursos, que integram quatro trilhas turísticas, estão a ser reabilitados no município do Porto Novo.

A nível de Santo Antão, estão a ser reabilitadas oito trilhas num investimento de cerca de 25 mil contos com vista a “impulsionar o turismo da natureza” nesta ilha.

A reabilitação das trilhas responde à uma preocupação dos operadores turísticos de Santo Antão que se têm queixando do “mau estado” dos percursos turísticos.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest