Praia: Agressor proibido de contactar vítima de VBG

O cabo-verdiano de 32 anos também deve apresentar-se periodicamente às autoridades.

A Procuradoria-geral da República da Comarca da Praia ordenou a detenção de um homem de 32 anos indiciado da prática de um crime de violência baseada no género (VBG) na forma agravada.

O indivíduo de nacionalidade cabo-verdiana foi preso fora de flagrante delito.

Após efetivada a detenção e submetido ao primeiro interrogatório judicial foram aplicadas ao arguido as medidas de coação de proibição de permanência na casa de morada de família, proibição de contacto e aproximação da vítima e apresentação periódica às autoridades.

Segundo o Ministério Público, o referido processo continua em investigação e permanece em segredo de justiça.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest