Praia: Embaixada dos Estados Unidos faz lançamento do programa YALI 2024

A Embaixada dos Estados Unidos, em parceria com a Geração B-Bright, fez ontem dia 31, na Praia, o lançamento do programa Mandela Washington para Jovens Líderes Africanos 2024 – (Young African Leaders Initiative – YALI), que anualmente selecciona seis cabo-verdianos.

Anualmente, é concebida a oportunidade a 700 jovens líderes africanos, com idade entre os 25 e 35 anos, para irem aos Estados Unidos da América (EUA) fazer intercâmbios, cursos e treinamento de liderança, visando fortalecer a governança democrática e promover a paz e segurança nos países africanos e na América do Norte.

No discurso de lançamento do programa, o embaixador dos EUA, Jeff Daigle, depois de salientar a importância deste programa, reiterou que o mesmo visa promover instituições democráticas mais fortes, maior prosperidade e uma segurança duradoura para a África e o Mundo.

“Temos já em Cabo Verde vários exemplos de ex-bolseiros que após o regresso estão contribuindo de forma inequívoca para o processo de desenvolvimento das ilhas em vários domínios”, apontou o diplomata.

De entre esses domínios   destacou a  igualdade de género, capacitação das ONG, assim como em representação de Cabo Verde em vários  fóruns nacionais e internacionais em matéria de democracia e direitos humanos.

Em relação aos participantes do ano passado, informou que tiveram oportunidade de adquirir novas competências, ideias e redes de contactos, “abrindo-se-lhes novos horizontes para o futuro”.
“Participaram ainda em uma cimeira em Washington DC e integraram um programa de intercâmbio em instituições americanas” , acrescentou.

Melania Semedo, uma das participantes da edição 2023, em declarações à imprensa disse que foi uma oportunidade “muito interessante” a nível de trocas de experiência em questões de liderança com as instituições americanas e com 700 jovens de toda a África
.

Por isso, apelou à candidatura dos jovens a esse programa e que contam com o apoio de toda equipa da YALI dos anos anteriores para os ajudarem, uma vez que se trata de uma formação que abre muitos horizontes profissionais .

Por seu lado, Wagner Gomes considerou que foram sete semanas de uma experiência que se vive uma única vez na vida” nível de criação de redes de contactos e nas universidades, através de treinamentos sobre a liderança, e visitas às instituições.

O evento de lançamento foi realizado conjuntamente com a iniciativa da Geração B-Bright, YALI Talks, que reconheceu a importância e o impacto do Programa Mandela Washington Fellowship.

O grupo de jovens seleccionados para YALI 2024 viaja para os Estados Unidos no próximo Verão, onde vão cumprir uma agenda de intercâmbio e formação de seis semanas.

Os participantes do programa YALI 2023 estiveram durante seis semanas nas universidades dos Estados Unidos e participaram num curso de liderança nas áreas de Empreendedorismo, Liderança Cívica e Gestão Pública.

O programa YALI é um projecto que clama o engajamento dos governos e instituições públicas e privadas ao mais alto nível, no sentido de apoiarem na promoção e na identificação de jovens líderes que poderão vir a ser responsáveis pela transformação e pelo futuro de África.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest