Presidente do Governo Regional do Príncipe convida cabo-verdianos a investirem no seu país

Presidente do Governo Regional do Príncipe convida cabo-verdianos a investirem no seu país

O presidente do Governo Regional do Príncipe convidou hoje os empresários, investidores e parceiros de Cabo Verde a investirem no seu país, destacando que São Tomé Príncipe tem um forte potencial a nível ambiental.

 

 

Filipe Nascimento, falava aos jornalistas, hoje, após ser recebido em audiência pelo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, a quem apresentou cumprimentos de cortesia e agradeceu pelo trabalho feito junto da comunidade cabo-verdiana e lusófona ao longo desses dez anos.


“Estamos aqui para demonstrar vários pontos comuns entre os dois estados, e a Região Autónoma de Príncipe como parte do estado santomense também quer mostrar a sua abertura para acolher todas as boas experiências e convidar os empresários, investidores e parceiros cabo-verdianos para olharem para a São Tomé e Príncipe, em particular a região autónoma de Príncipe, como lugar de oportunidades de negócios”, referiu.


O presidente do Governo Regional do Príncipe, que desafiou os investidores e empresários a exploraram o mercado santomense e buscar novas oportunidades de negócios, assegurou que estão disponíveis para dar todo o apoio, e abertos para dar seguimento para possíveis relações.


Por outro lado, disse que pretendem o reforço das relações das comunidades, com o estreitamento das relações entre as pessoas e a retoma do programa “Mata sodadi” que, segundo, Filipe Nascimento, teve muito êxito no passado.


“Estamos cá também para manifestar a nossa vontade de assinar protocolos com instituição de investigação universitárias, com a autarquia de São Miguel e retomar a agenda com outros municípios já germinados com a região autónoma de Príncipe nomeadamente Praia e Santa Cruz”, apontou.


O presidente adiantou ainda que estão empenhados em “aumentar significativamente” o número de bolsas de estudos e de vagas para os estudantes santomense.


“Estamos também disponíveis para partilhar o nosso potencial a nível ambiental, sendo que somos uma ilha reserva mundial da biosfera. A nível do turismo Príncipe tem feito percurso diferenciado nos últimos anos e entendemos que nesta matéria estamos confortáveis para partilhar as nossas experiências bem como no processo da regionalização”, acrescentou.

Filipe Nascimento disse ainda que o encontro com o chefe de Estado cabo-verdiano constituiu um momento e oportunidade para manifestar o reconhecimento pelo trabalho que Jorge Carlos Fonseca vinha fazendo e que continuará a fazer para o reforço não só das relações institucionais, mas também entre as pessoas.


Neste 25 de Maio, data em que se celebra o Dia da África, Filipe Nascimento defendeu que existem “bons exemplos” de que a cooperação sul sul é “um bom caminho” para potencializar o continente.


Nessa mensagem, disse que é preciso reconhecer as características similares dos diversos estados sobretudo no espaço lusófono para traçar caminhos para o estreitamento das relações, colher frutos em benefícios das pessoas tendo em conta a história em comum, a língua e entre outros ganhos que possam vir a tirar como base nessas características.


Filipe Nascimento disse esperar que no futuro África possa caminhar com o esforço de todos os africanos.

 

Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest