Presidente são-tomense nomeia ex-líder da oposição embaixador em Cabo Verde

O Presidente são-tomense nomeou, por proposta do Governo, o antigo líder do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe (MLSTP) Aurélio Martins para embaixador em Cabo Verde, anunciou a Presidência da República.

Segundo uma publicação no Facebook da Presidência da República, Carlos Vila Nova, assinou o decreto presidencial na sexta-feira nomeando Aurélio Pires Quaresma Martins para, em comissão de serviço, exercer o cargo de embaixador extraordinário e plenipotenciário da República Democrática de São Tomé e Príncipe na República de Cabo Verde.

Aurélio Pires Quaresma Martins é licenciado em Relações Internacionais pela Universidade Privada de Angola e foi deputado e por duas vezes – 2011 e 2015 a 2018 – presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe/Partido Social Democrática (MLSTP/PSD), líder da oposição são-tomense.

O último mandato de Aurélio Martins à frente do MLSTP/PSD terminou em polémica, tendo sido expulso do partido e acusado de traição, após ter assinado um documento, com mais dois dirigentes do partido, um deles o actual ministro da Defesa e Administração, Jorge Amado e outros deputados da Acção Democrática Independente (actual partido no Governo), para a destituição do presidente do Supremo Tribunal de Justiça.

O político são-tomense também foi candidato às eleições presidenciais são-tomenses em 2011 e em 2021, tendo sido um dos adversários derrotados pelo actual Presidente são-tomense, Carlos Vila Nova.

Foi jornalista da Rádio Nacional de Angola entre 1991 e 2005 e é consultor de estratégias de negócios e de relações internacionais.

Inforpress/Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest