“Santa Cruz está a tornar-se cada dia mais num município resiliente e desenvolvido” – presidente de câmara

O presidente da câmara de Santa Cruz afirmou que este município santiaguense, que celebra hoje o dia do seu santo padroeiro, São Tiago Maior, está a tornar-se cada dia “mais resiliente, seguro e desenvolvido” não obstante as crises.

Carlos Silva, que fazia, à imprensa, um resumo da realidade atual desse concelho que completou no passado dia 29 de Março, 51 anos da sua criação, em 1971, destacou os principais ganhos alcançados nos últimos anos, fruto de alguns investimentos realizados, em curso e vários outros “projetos estruturantes” já gizados, quer pelo Governo, autarquia, e pelo sector privado.

“Eu sou suspeito para fazer o balanço [do desenvolvimento do município de Santa Cruz], mas, é notável o desempenho, a dinâmica e o comprometimento de todos nós no desenvolvimento de Santa Cruz. Acredito que Santa Cruz já entrou na rota do desenvolvimento”, concretizou o autarca.

Para sustentar a sua afirmação, Carlos Silva lembrou que decorrem, neste momento, as obras da reabilitação/construção da estrada de Ribeira dos Picos, num investimento de mais de 362 mil contos, e outros “projetos estruturantes” já gizados como o dossiê da empresa Justino Lopes, central de compras e construção do porto comercial.

Adiantou ainda que estão a trabalhar vários outros projetos que visam tornar Santa Cruz, considerado o maior concelho agrícola desta ilha, com “capacidade para andar com os seus próprios pés”.

Por outro, apesar da dinâmica e investimentos feitos e em curso no sector económico, cultural e turístico, este chefe do executivo municipal admitiu que o município está a enfrentar falta de camas, que, segundo ele, se deve às poucas unidades hoteleiras existentes, que não estão a conseguir dar respostas às demandas.

Para colmatar a falta de camas, Carlos Silva propôs a transformação das habitações dos emigrantes em alojamentos, e ainda trazer mais investidores para investirem no sector hoteleiro.

Para assinalar as festividades do seu santo padroeiro, São Tiago Maior, foi programado um leque de atividades culturais, desportivas e recreativas que já arrancaram desde Junho.

As festividades terão o seu ponto alto esta segunda-feira, 25, com uma procissão e missa em honra ao orago local.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest