Santiago: Câmara do Tarrafal lança campanha de limpeza de pardieiros e terrenos abandonados

A Câmara Municipal do Tarrafal tem em curso uma campanha de limpeza e vedação de pardieiros e terrenos abandonados, como forma de evitar o acesso aos mesmos para o despejo de lixo, detritos ou águas sujas. mindelenses que procuram o sustento diário na lixeira municipal de São Vicente, que a ajudou a criar os cinco filhos e ter tudo o que tem até agora.

 

Com esta iniciativa, a autarquia pretende sensibilizar os proprietários ou possuidores dos pardieiros, obras inacabadas, casas desabitadas ou terrenos para a construção para procederem à limpeza ou vedação dos mesmos.


À Inforpress, o vereador do Ambiente, Segurança, Protecção Civil e Qualidade de Vida, Jednilson Landim, explicou que com esta medida a câmara quer salvaguardar a saúde pública, contribuindo igualmente para uma cidade cada vez “mais organizada, limpa, bonita e aprazível para todos”.


Nesta primeira fase, segundo o autarca, o foco é sensibilizar as pessoas para que possam estar cientes das suas obrigações para que não venham a ter nenhuma surpresa, quando, por exemplo, receberem os custos das limpezas ou demolição dos pardieiros com manda o Código de Postura Municipal.


No entanto, avisou que após este período de sensibilização que a edilidade vai fazer cumprir com o Código de Postura Municipal, que prevê que os custos de limpeza ou demolição seja pagos pelos proprietários.


“Todos os pardieiros que estão completamente degradados ou que nem sequer podem ser vedados serão demolidos mesmo que a câmara não conseguir contactar os proprietários, para não porem em causa a segurança das pessoas e para que não sirvam de depósito de lixo”, anunciou o autarca.


Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Pode gostar também

Deixe um comentário

Follow Us