Santo Antão: Agricultores realçam boa produção de cana sacarina este ano na ilha

Os agricultores em Santo Antão realçam o facto de esta ilha ter registado, este ano, uma boa produção da cana-de-açúcar nos três concelhos desta ilha, com impacto no aumento da produção da aguardente.

A boa safra da cana sacarina em Santo Antão deve-se, segundo o agricultor Fernando Ramos, no vale da Ribeira Grande, às “boas chuvas” ocorridas em toda a ilha, em Setembro de 2020.

 

Também, nos concelhos do Porto Novo e do Paul, registou-se, este ano, boa safra da cana-de-açúcar, segundo os agricultores Analides Évora e José Cantos, respectivamente.


Depois de três anos de seca, que teve impacto negativo neste cultivo, os agricultores santantonenses estão satisfeitos com boa produção de cana-de-açúcar, este ano, em todos os vales da ilha, onde se perspectiva, também, o aumento da produção do grogue.


A colheita da cana sacarina, que se iniciou em Janeiro, termina em Junho, actividade que, segundo os agricultores, tem contribuído para a redução do desemprego na ilha, sobretudo na camada feminina.


Santo Antão, com 173 alambiques, situadas, maioritariamente, na Ribeira Grande, detém 80 por cento (%) do potencial de cana sacarina em Cabo Verde, com uma produção à volta de dois milhões de litros por ano.

 

Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Pode gostar também

Deixe um comentário

Follow Us