Santo Antão: Várias comunidades ainda ‘sonham’ com água canalizada no município do Porto Novo

Várias comunidades no interior do município do Porto Novo, em Santo Antão, ainda ‘sonham’ com água canalizada, mas a actual equipa camarária está a mobilizar parceiros para instalar redes domiciliárias nas zonas ainda sem cobertura.

Entre as localidades ainda sem água canalizada estão as zonas altas da vila da Ribeira das Patas (Lagoa, Catano), Ribeira Fria, Ribeira dos Bodes e Planalto Norte, cujas populações se abastecem ainda de fontanários.


O edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, reconhece que, apesar dos investimentos realizados ao longo dos anos, neste município, no sentido de levar água potável à casa das pessoas, existem ainda muitos povoados que ‘sonham’ ainda com água canalizada.


O autarca tem estado a abordar alguns parceiros internacionais, com destaque para a cooperação luxemburguesa, sobre a possibilidade de financiar projectos no domínio do abastecimento de água às comunidades rurais ainda sem redes domiciliárias.


No caso do Planalto Norte, as cerca de 70 famílias devem, já a partir de Junho, usufruir de água potável no âmbito do projecto “nô cré água” (queremos água).


A taxa de acesso à água através da rede pública no município do Porto Novo ultrapassa os 80 por cento (%).


Ainda no domínio da água, Porto Novo vai ser contemplado, nos próximos anos, no quadro do projecto de água e saneamento da ilha de Santo Antão, com 25 quilómetros de tubagem, 3.500 ligações domiciliárias, além de outros investimentos.


Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Pode gostar também

Deixe um comentário

Follow Us