Autarquia recebe primeiro dos três camiões de lixo para reforço do saneamento no Sal

A autarquia salense recebeu o primeiro dos três camiões de lixo, esperados para reforçar o sistema de saneamento na ilha, num acto testemunhado, quinta-feira, pelo edil salense e pelo ministro da Agricultura e Ambiente.

O primeiro camião, de 15 toneladas, chega num momento em que a ilha passa por dificuldades de recolha e tratamento dos resíduos sólidos, já que os outros da frota encontram-se inoperacionais.

Para o edil Júlio Lopes, este investimento da Câmara Municipal do Sal em três viaturas novas de recolha do lixo, com o financiamento do Fundo do Ambiente irá reforçar o sistema de saneamento em toda a ilha.

“Temos a preocupação de manter a nossa ilha cada vez mais limpa e tendo em conta a frota que se encontrava obsoleta, nós investimos na compra de mais três camiões para esse reforço”, justificou o autarca.

“Este equipamento vai ser muito importante já que nos últimos meses tivemos algumas dificuldades mas agora vamos resolver e reforçar a nossa capacidade de recolha do lixo”, contou.

Segundo ainda o autarca, com o apoio do Governo a autarquia adquiriu uma giratória que vai ser destinada à parte do tratamento do lixo na lixeira.

O ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Lima, presente no acto, destacou a mais valia deste investimento que visa reforçar as capacidades de gestão dos resíduos sólidos urbanos e ao mesmo tempo reforçar a salubridade ambiental da ilha.

Pelas suas palavras, o ministro sublinhou que “está-se a empregar muito bem os recursos para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos da ilha do Sal”.

“A temática da recolha do lixo é fundamental, mas nós sabemos que também no quadro desta cooperação está-se a reforçar a capacidade de limpeza pública para que possamos não só recolher o lixo mas assegurar que todo o ambiente fique limpo”, sustentou.

Gilberto Silva anunciou ainda a perspectiva de reforçar todos os investimentos com a elaboração de um plano director de água e saneamento para a ilha, estando neste momento na fase de contactos institucionais para criar as devidas condições.

A actual lixeira também deverá ser transformada, continuou o ministro, num aterro melhorado e depois num aterro sanitário, com um sistema de triagem de resíduos para a sua valorização.

A aquisição destes três camiões de lixo, equivalente a um investimento de mais de 60 mil contos, é fruto de três concursos públicos lançados pela Câmara Municipal do Sal, sendo que o segundo deverá chegar no próximo mês de Junho e o terceiro com a maior brevidade possível, segundo os responsáveis.

Prevê-se igualmente a chegada de mais um camião de lixo, desta feita uma oferta de um município português amigo do Sal.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest