Brava: Ensino pré-escolar arranca na normalidade com mais de 200 crianças matriculadas

A coordenadora do Pré-escolar na ilha Brava, Vanusa Monteiro, afirmou hoje que o funcionamento dos jardins-de-infância está a decorrer na “normalidade e tranquilidade”, informando que 263 crianças se encontram matriculadas nesse ciclo de estudo.

Vanusa Monteiro fez estas considerações em declarações à imprensa, após uma visita de dois dias que efectou aos jardins infantis da ilha, acompanhada do delegado da Educação da ilha, como uma forma de dar as boas-vindas, demonstrar o apoio e tomar pulso do funcionamento do Pré-escolar.

Segundo a mesma fonte, estas 263 crianças são da faixa etária dos 3 aos 5 anos de idade, distribuídas em 10 jardins na ilha e assistidas por 26 monitoras, referindo que o jardim Renascer, da localidade de Santa Bárbara, não vai funcionou neste ano lectivo.

Entretanto, reforçou que os dados ainda são provisórios, atualizados quinzenalmente, período durante o qual são analisados os novos inscritos e saídas, em casos de alunos que são transferidos para outros concelhos ou mesmo mudança de jardins.

Por seu turno, Orlando Burgo, delegado da Educação, confirmou o funcionamento normal e tranquilo do Pré-escolar na ilha, realçando que pequenos ajustes deverão ser feitos ao longo do mês de Outubro, que, segundo o mesmo, “é o mês da normalização dos matriculados no sistema d ensino”.

Neste momento, o delegado indicou que estão a trabalhar na sensibilização dos pais e encarregados de educação para efectivarem o processo de matrícula até ao próximo dia 31 de Outubro.

A mesma fonte sublinhou que na Brava há uma situação particular, em que recebem crianças a partir dos 3 anos de idade, o que facilita as monitoras quando estas crianças completem os quatro anos de idade, que já terão a noção da socialização e estarão habituadas a brincar com os colegas, fazer alguns traçados.

Destacou ainda que na ilha, a parte administrativa dos jardins de infância depende da Câmara Municipal, e que a delegação escolar dá o apoio pedagógico.

Após a visita, Orlando Burgo anunciou que já agendou um encontro com o responsável pelo pelouro da Educação, Formação e Juventude da Câmara Municipal da Brava para informá-lo da situação dos jardins da ilha.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest