Brava: Sacerdote pede aos cristãos para serem menos consumistas e acumuladores nesse tempo de Quaresma

Frei Bernardino Lima pediu esta quarta-feira, 22, aos fiéis cristãos da ilha Brava para serem menos consumistas e acumuladores nesse tempo de Quaresma, de forma a partilhar um pouco daquilo que têm e são com os outros.

O sacerdote fez este apelo em entrevista à Inforpress, após a celebração da missa de imposição de Cinzas, que marca o início da Quaresma.

“Estamos a viver num mundo de consumismo, onde que está a ser criado várias necessidades e não há meios suficientes para satisfazer todas essas necessidades que o mundo de hoje impõe”, sustentou este religioso, que defende a necessidade de partilhar mais com os outros, não só a nível material, mas também daquilo que cada um é.

E, destacou que o tempo de Quaresma é um “tempo de preparação” para celebrar o “grande mistério da redenção e salvação” que Jesus Cristo tem para toda a humanidade, pelo que, advogou, é preciso entender que a existência e passagem das pessoas nesse mundo também tem um sentido e que todos têm uma meta que é o próprio Jesus Cristo.

Portanto, defendeu que o tempo de Quaresma é um tempo para todos se prepararem e de estar mais atentos, mais cuidadosos sobre a vida cristã, pessoal, comunitária, familiar, sobretudo num mundo de hoje bastante conturbado e problemático que se está a viver.

Frei Bernardino diz acreditar que este é um tempo favorável para o cristão meditar, reflectir, sobretudo através de ensinamentos de Jesus Cristo que deu três vitaminas fundamentais, nomeadamente a esmola, oração e jejum para ajudar os cristãos a fortalecer na fé, na esperança e no amor.

Estas “vitaminas”, conforme explicou, ajudam os cristãos a viverem com mais entusiasmo e mais zelo, na construção de um mundo com justiça, paz e amor, para que o reino de Deus se torne presente em cada um.

Aliás, sublinhou que a Quaresma é cada um, no sentido que Jesus precisa de cada um como instrumento para levar esse grande projeto de libertação e salvação da humanidade.

A nível das paróquias bravenses, São João Baptista e Nossa Senhora do Monte, para viver de melhor forma a Quaresma, informou que vão se reunir com os dirigentes dos grupos paroquiais com o intuito de envolver crianças, jovens e adultos através de preparação, formação, retiro confissões e tudo aquilo que a igreja propõe para viver a fé com mais força e coragem.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest