Cabo Verde: Uma carpinteira que não pára de sonhar

O Crónicas Africanas foi até ao interior da ilha de Santiago, em Cabo Verde, descobrir a história de uma mulher de “coragem”.

Há 32 anos, Idith Borges viu na carpintaria uma forma de mudar de vida. Deixou a rotina de vendedora ambulante para aprender a fazer mobiliários. Hoje, é uma das poucas carpinteiras na região. Criou uma oficina e quer motivar outras mulheres.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us