Delegada de Saúde: Praia regista “ligeiro aumento” de infeção respiratória aguda em crianças e adultos

A delegada de Saúde da Praia confirmou hoje que a cidade da Praia regista neste momento um “ligeiro aumento” de infeção respiratória aguda em crianças e adultos, apontando a mudança do clima como uma das causas.

Ulardina Furtado avançou esta informação à Inforpress, quando falava sobre o aumento da infeção aguda que está a assolar a capital do País, nestes últimos dias, recordando que todos os anos, nesta época, aumenta o número de pessoas com este tipo de infeção respiratória aguda.

Para esta responsável de Saúde, esta virose está a atingir crianças menores de 05 anos de idade, sublinhando que no ano passado, até se registou mais casos no seio das crianças do que este ano.

“Este ano, houve uma ligeira diminuição a nível das crianças, tendo em conta que atendemos cerca 213 crianças por estes dias e no passado eram 259 crianças”, explicou.

E em relação aos adultos, conforme a mesma fonte, foram atendidos no ano passado 84 pacientes e este ano 113 pessoas.

Ulardina Furtado adiantou que a conjuntivite também é uma outra virose que aumentou este ano, com o registo de 38 casos.

Reconhecendo o aumento de casos desde a semana passada a esta parte, esta responsável alertou que provavelmente o número de casos vai continuar a aumentar nas próximas semanas em relação ao ano anterior, em que foram notificadas penas 14 casos.

Para além disso, Ulardina Furtado referiu que esta infeção faz parte do contexto epidemiológico da época devido à mudança do clima, explicando que as pessoas com rinite e outras condições de saúde são as que mais sofrem nesta época, por estarem com a imunidade mais baixa.

Por isso, a mesma fonte apelou às pessoas a terem cuidados, sobretudo, com os vestuários, evitando lugares que têm muitos agentes que causam alergias, como o pó, pólen, plantas, que provocam nas pessoas quadros alérgicos respiratórios.

Além disso, a delegada de Saúde da Praia recomendou uma alimentação saudável tanto para as crianças como para adultos, para ajudar o organismo no reforço da imunidade, apostando em frutas, legumes e verduras, chás e muita água.

No que tange às outras infeções, como a diarreia e pneumonia, a delegada adiantou que neste momento não há registo de nenhuma infeção.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us