Fundação Amílcar Cabral idealiza celebrações dos 50 anos do assassinato desta figura histórica da libertação

A Fundação Amílcar Cabral vai alargar as celebrações da efeméride dos 50 anos de assassinato do Amílcar Cabral ao Senegal e Portugal, ao mesmo tempo que promove colóquios nas universidades cabo-verdianas sobre esta figura histórica da libertação.

Esta informação foi revelada esta tarde à imprensa pelo comandante Pedro Pires, enquanto responsável da Fundação Amílcar Cabral, no final de um encontro com o Presidente da República, José Maria Neves, que serviu para abordar algumas questões importantes da agenda da organização, dada à importância para o país e para a sua história.

“Estamos aproximando-nos de uma data importante, para não a chamar fatídica, que foi o assassinato de Amílcar Cabral. Vão completar 50 anos sobre este acontecimento. Há alguma atividade no plano internacional para uma reflexão sobre a data e a Fundação sente-se na obrigação de realizar atividades sobre acontecimento”, explicou.

“Queremos que se faça no concelho de Santa Catarina, na cidade de Assomada, muito próximo do sítio onde viveu Amílcar Cabral bastante tempo, Achada Falcão”, referiu Pires, ressaltando que há três universidades senegalesas que estão a trabalhar esta questão com colóquio internacional na cidade de Ziguinchor, no sul do Senegal.

Em Lisboa, explicitou, o Centro de Estudo Social da Universidade de Coimbra vai realizar uma conferência sobre o evento, assim como nas universidades cabo-verdianas, como a de Santiago.

Pedro Pires adiantou que a Fundação vai ainda realizar encontros iguais com todos os órgãos de soberania, na ideia de sensibilizar as várias autoridades para o do valor do acontecimento e da necessidade de se debruçar sobre Amílcar Cabral de modo a esperar pelas propostas e soluções.

Amílcar Lopes Cabral, assinado a 20 de Janeiro de 1973, na Guiné Conacri e referenciado como figura histórica da luta de libertação da Guiné e Cabo Verde do jugo colonial, vai completar o 50º aniversário da sua morte em 2023.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest