HBS: Gerente de postos de combustível baleado continua hospitalizado, mas “está fora de perigo”

O gerente de postos de combustível que foi baleado durante assalto na segunda-feira, no Mindelo, ainda se encontra internado, mas está “fora de perigo”, conforme informações avançadas hoje pela direção do Hospital Baptista de Sousa.

Segundo a direcção do hospital, que deu as informações à Inforpress através da assessoria de imprensa, o homem conhecido por “Djoff” está estável e não corre perigo de morte.

Entretanto, de acordo com outras fontes da Inforpress, o assalto, no qual o homem gerente de postos de combustíveis da Rotunda da Ribeira Bote e da Rua do Côco foi alvejado, não envolveu somente um meliante, mas sim três.

Segundo informações recolhidas no local, “Djoff” foi surpreendido por um meliante no momento em que desceu do seu carro e se dirigia ao banco para depositar uma quantia em dinheiro, na agência da Caixa Económica, em Fonte Cónego.

Conforme a mesma fonte, o meliante queria apoderar-se da sua bolsa, mas ele teria resistido ao assalto e foi alvejado na perna. Entretanto, o homem não largou a bolsa e o meliante alvejou-o na outra perna e depois pôs-se em fuga, na posse da bolsa, em direcção à Avenida Capitão Ambrósio, na Rua da Escola Salesiana.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest