Imigrantes ilegais morrem nas Bahamas e no Mediterrâneo

Com a onda de imigração ilegal para os Estados Unidos e Europa a não dar sinais de abrandamento as autoridades nas Bahamas e em Itália anunciaram a morte de várias pessoas, uns a caminho dos Estados Unidos outros da Europa.

Dezasseis pessoas morreram quando um barco carregando imigrantes clandestinos do Haiti se afundou ao larga das Bahamas, disseram as autoridades locais.

Quatro mulheres e 17 homens foram salvos do local do naufrágio a cerca de 11 quilómetros da ilha de New Providence.

As Bahamas são geralmente usadas como ponto de trânsito para imigrantes ilegais do Haiti a caminho dos Estados Unidos

Por outro lado quase 1.100 imigrantes ilegais foram salvos de embarcações no mar Mediterrâneo onde foram encontrados cinco corpos.

A guarda costeira italiana disse ter salvo 647 imigrantes num barco de pesca à deriva ao largo da costa da Líbia. Alguns dos sobreviventes foram recolhidos do mar.

Por outro lado a organização humanitária alemã Sea Watch disse ter salvo 428 imigrantes ilegais a tentarem chegar à Europa.

A organização disse estar agora a tentar encontrar um porto que aceite receber os imigrantes..

Este ano já chegaram a Itália 34 mil imigrantes ilegais na maioria provenientes de africa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest