Liceu Domingos Ramos elevado a Património Nacional de Cabo Verde

O Liceu Domingos Ramos é a partir de hoje Património Nacional de Cabo Verde, anunciou o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva na cerimónia de abertura do ano lectivo 2021/2022.

Ulisses Correia e Silva que começou por falar da sensação de estar na escola onde teve um percurso de formação, numa referência que faz parte da história de Cabo Verde, afirmou que esta elevação é um facto a ser publicado esta tarde no Boletim Oficial.

“Pela sua importância histórica e patrimonial, originalmente Liceu Nacional da Província de Cabo Verde, enquanto edifício foi inaugurado em 1960 e conta a história de várias gerações de cabo-verdianos, merece além de ser património, uma grande homenagem”, afirmou.

O Liceu Domingos Ramos, uma escola de ensino secundário da Praia, na ilha de Santiago, Cabo Verde, é um dos estabelecimentos de ensino mais tradicionais do país, responsável por formar grande parte da elite intelectual cabo-verdiana.

O Liceu da Praia (Liceu Domingos Ramos) foi inaugurado em Junho de 1960, pelo Governador da Província, integrado nas festividades do V centenário da descoberta de Cabo Verde, criada pelo art. 3º, do Decreto nº 43.158, de 8 de setembro de 1960.

Foi o primeiro edifício construído para albergar o Liceu Adriano Moreira, conquistando assim a sua autonomia em relação ao do Mindelo. Com a Independência Nacional deixou de ser um liceu construído na província de ultramar, para ser a escola secundária de um país livre e independente.

 

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest