Monte Trigo: Habitantes insistem na construção da estrada de acesso à aldeia piscatória

Os habitantes de Monte Trigo, Porto Novo, insistiram ontem, dia 6, na construção da estrada de acesso a esta aldeia piscatória e turística, que consideram “uma das mais encravadas” da ilha de Santo Antão.

Alguns moradores, abordados pela Inforpress a propósito da recuperação do caminho vicinal que liga Monte Trigo a Tarrafal, insistiram na construção da estrada de acesso, que é “uma aspiração antiga” desta comunidade.

A líder comunitária, Rosa Miranda, lembrou que a construção da estrada de acesso a Monte Trigo tem sido prometida pelos sucessivos governos, destacando a construção dessa via como “uma das principais aspirações” desta localidade.

Além da estrada, os habitantes de Monte Trigo têm vindo a pedir o reforço da central elétrica para assegurar o fornecimento de luz elétrica durante 24 horas por dia e melhoria das condições de fornecimento de água, cuja qualidade “deixa a desejar”.

Os pescadores locais reivindicam a construção de um desembarcadouro de botes nessa zona piscatória.

O Governo já anunciou, ainda para este ano, o arranque de um projecto integrado para esta zona, que inclui, entre outros projectos, o reforço da energia eléctrica, a instalação de uma unidade de dessalinização da água do mar para consumo humano.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest