Novo reitor da Universidade de Cabo Verde compromete-se a dar primazia à área da investigação

O novo reitor da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), Arlindo Barreto, comprometeu-se esta quinta-feira, 24, a investir na área da investigação, que diz ter ficado parada no tempo e que agora vai arrancar, e no resgate da credibilidade da instituição.

José Arlindo Barreto, que falava à imprensa antes de receber o testemunho da sua antecessora, Judite Nascimento, disse ainda que a situação dos estudantes vai estar no centro das atenções, daí a sua promessa em consolidar e valorizar o legado deixado e dar maior primazia à qualidade de ensino.

“Nós vamos trabalhar para melhorar a imagem da universidade, penso que todos estamos conscientes de que uma instituição que queira avançar tem de estar unida para dar uma boa imagem do que quer no futuro”, asseverou Arlindo Barreto.

O novo reitor, que promete trabalhar para a excelência, afirmou ter como foco uma maior dinamização dos recursos humanos, valorizando os recursos internos e formando sempre o pessoal docente e não docente.

A questão das formações, segundo disse, é tão essencial quanto também a resolução dos pendentes das carreiras.

Questionado sobre a situação financeira da universidade e o impacto que as dívidas dos alunos com as propinas têm no desenvolvimento da instituição universitária, o novo reitor afirmou que um dos seus objectivos é “trabalhar fortemente” na questão de prestação de serviços e na cooperação com outros parceiros..A cerimónia de passagem de testemunho e de empossamento foi confirmada pelo ministro da Educação, Amadeu Cruz, após uma sessão cultural a que se seguiu os discursos de vários segmentos da Uni-CV.

José Arlindo Barreto é licenciado em Didáctica do Francês Língua Estrangeira (FLE) pela Universidade de Poitiers (França), Mestre em Discurso Poder e Sociedade nos Países de Línguas Românicas, pela Universidade de Rennes 2, (França) e é doutor em Ciências da Linguagem pela Universidade de Franche-Comté (França).

José Arlindo Barreto foi eleito como reitor da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) a 19 de Janeiro com 61,10% dos votos total.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest