Óbito: Plataforma das ONG apresenta pesar pela morte de Mário Moniz

A Plataforma das Organizações Não-Governamentais (ONG) apresentou na tarde desta quarta-feira, 24, pesar pela morte do seu colaborador Mário Moniz, falecido em Portugal, vítima de doença prolongada.

“É com mais profundo pesar que a plataforma das organizações da sociedade civil de Cabo Verde comunica que faleceu hoje, em Lisboa, onde se encontrava em tratamento médico, o seu colaborador Mário Valdomiro Moniz (Mário Moniz). Por essa razão, a Plataforma estará encerrada nos dias 25 e 26 de Novembro”, refere uma nota publicada na página da organização.

Quem também apresentou nota de pesar pela morte de Mário Moniz é a Embaixada de Cabo Verde em Portugal.

O mesmo é referido como “um associativista e activista social persistente, sempre presente, nunca se escusando a um novo desafio que significasse a melhoria de vida das populações com quem directamente trabalhava”.

Membro fundador e actual presidente da Associação de Apoio às Iniciativas de Auto-promoção (Solmi), Mário Moniz foi também secretário executivo da Plataforma das ONG, tendo desempenhado, de acordo com organização, um “papel determinante” na advocacia do reforço da sociedade civil cabo-verdiana, em prol do desenvolvimento do país.

Mário Moniz, 61 anos, era natural do concelho de São Lourenço dos Órgãos e residia na Cidade da Praia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest