Presidente da EATIS destaca Cabo Verde como primeiro país da África a receber conferência

O presidente da Conferência Euro-Americana de Telemática e Sistemas de Informação (EATIS) destacou hoje a importância de Cabo Verde acolher, pela primeira vez num país africano, esta conferência internacional que vinha sendo realizado, alternadamente, nas Américas e Europa.

Rogério Chagas regozijou-se pelo facto de o país sediar a 12ª edição do evento, que decorre de 02 a 05 de Julho de 2024, no Campus do Palmarejo Grande, numa modalidade híbrida que combina sessões online e presenciais, ideia nascida na sua penúltima edição em Aveiro (Portugal).

Tendo como temática central para este workshop a “Artificial Intelligence for Development (IA4D) Cabo Verde”, Rogério Chagas disse que o tema se torna actual é muito importante, alegando que a EATIS se tem preocupado com as questões éticas relacionadas à inteligência artificial.

De Cabo Verde, observou, espera promover a curiosidade, a interacção entre os pesquisadores, não só da Universidade de Cabo Verde, mas também das universidades dos 12 países integrantes e que participam nesta edição, visando a realização de colaborações e intercâmbios entre alunos e professores para cursos de graduação e pós-graduação de outras instituições.

A EATIS, segundo o seu líder, o brasileiro Rogério Chagas, está preocupada na procura da inclusão do sector produtivo e académico no estado da arte das tecnologias do que está acontecendo no mundo, através de grupos de pesquisadores jovens para a discussão sobre desafios com que a área se depara no dia-a-dia.

Participam na conferência especialistas estrangeiros referenciados como Ricardo Baeza-Yates, da Universitat Pompeu Fabra (Espanha), que irá apresentar a conferência “Inteligência Artificial Responsável”, e Eduardo Carrillo, da Universidad Nacional de Colômbia, que falará sobre “Indústrias 4.0 e Tecnologia Social”.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us