Projecto Pessoas realiza primeira mesa de reinserção social na ilha do Fogo

O Projecto Pessoas realiza, na quarta-feira, em São Filipe, ilha do Fogo, a primeira mesa de reinserção social, com o objectivo de “facilitar o relacionamento entre as instituições, a sociedade civil e o mundo da cadeia”.

Segundo uma nota de imprensa da organização, o evento é realizado com o apoio da Cadeia Regional Fogo/Brava e nele serão analisados vários tópicos relacionados com a intervenção geral do projecto, entre os quais os direitos humanos, as questões de género e a reinserção social.

A mesa será dividida em diferentes apresentações, e um dos temas em destaque é a “reincidência criminal: panorama regional e nacional” e a “reinserção social: definições e perspectiva nacional”.

O Projecto Pessoas está sendo implementado nas ilhas do Fogo e Brava para a promoção dos direitos e da participação de jovens e mulheres na sociedade, e tem três áreas principais de intervenção.

Uma das áreas são as escolas secundárias das duas ilhas, onde se realizam encontros e formações com a metodologia do protagonismo juvenil para os jovens serem cidadãos conscientes do seu papel e activos na sociedade.

A segunda área de intervenção é a Cadeia Regional de Fogo/Brava (Betânia), onde o foco é a estimulação de percursos de reinserção social com reclusos e ex-reclusos nas comunidades, e a terceira abrange o trabalho com as mulheres nas comunidades para o empoderamento e a participação activa nos processos de decisão, no respeito dos direitos e na implementação de serviços sociais.

O projecto é implementado pela organização não-governamental (ONG) italiana, Cospe, em parceria com a rede Laço Branco, as Comissões Regionais de Parceiros (CRP) das ilhas do Fogo e Brava e a Vidativa, de entre outras instituições.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest