Santa Cruz: Edifício da Escola Secundária Alfredo da Cruz Silva carece de intervenção com uma certa urgência, diz responsável

O director da Escola Secundária Alfredo da Cruz Silva (ESACS), em Santa Cruz, no interior de Santiago, chamou hoje a atenção para a necessidade de uma intervenção com “uma certa urgência” nesse estabelecimento de ensino.

Moisés Tavares, que falava em declarações à Inforpress a propósito do 28º aniversário da ESACS, a ser assinalado este sábado,22, cujas actividades comemorativas foram antecipadas para hoje, apontou como “maior desafio” a reabilitação do edifício que tem dado “sinais de degradação”.

“A escola encontra-se numa fase de degradação muito avançada que precisa de uma intervenção com certa urgência para que a situação não torne mais complicada”, alertou, indicando que a direcção da escola já tem um pré-projecto que contempla intervenções parte do terraço, parte exterior do edifício e pintura, orçado em 5.000 contos.

Entretanto, adiantou que o projecto a ser entregue ao Ministério da Educação e a outros parceiros, contempla ainda intervenções a nível arquitectónica, visando corrigir algumas fissuras nas paredes já “visíveis”.

Na ocasião, aproveitou e fez um “balanço muito positivo” dos últimos 28 anos, considerando que a única escola secundária do município de Santa Cruz, tem colocado “bons quadros” no mercado de trabalho a nível nacional e internacional.

“Podemos dizer que a ESACS é uma boa semente plantada nesta terra, e através dela temos colhido grandes frutos e é bom relembrar isso, porque é isso que muito nos orgulha”, notou o responsável.

Por outro lado, o director da ESACS destacou o facto de os seus alunos terem estado a ficar em primeiros lugares em concursos para bolsas de estudo e de empregos quer a nível nacional e internacional, isto porque, assegurou estes saem dali “bem formados e capacitados”.

Conforme informou os “desafios são enormes” e alguns já estão sendo vencidos, como a nível dos equipamentos informáticos, cuja nova sala de informática com cerca de 20 computadores vai ser inaugurada hoje, para ministrar aulas de informática para os alunos do 2º e 3º ciclos.

A requalificação da placa desportiva, outrora degradada, numa parceria com o Ministério da Educação é outro “ganho visível”, que segundo Moisés Tavares vai melhorar as aulas de educação física que passam a ser dadas na própria escola.

Apesar dos desafios a serem vencidos, sobretudo, a nível de infra-estrutura, o professor destacou o facto de a escola, que conta com 2.042 alunos do 8º ao 12 ano, orientados por 127 professores e 19 pessoal de apoio operacional, ter conseguido no primeiro trimestre uma taxa de aproveitamento escolar de 75 por cento (%), e 105 alunos quadro de honra.

Para comemorar os 28 anos, a instituição tem previsto para hoje um leque de actividades culturais e recreativas, inauguração da nova sala de informática e uma almoço e entoação de parabéns à ESACS como professores, agentes de apoio operacional e convidados.

 

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest