Sobe para 253 número de mortos em inundações na costa oriental da África do Sul

Pelo menos 253 pessoas morreram no seguimento de devastadoras inundações na África do Sul, provocadas por fortes chuvas na costa oriental do país, disseram hoje as autoridades locais.

“As morgues estão a registar alguma pressão, mas estamos a dar resposta. Até ao final do dia de terça-feira tínhamos recebido 253 corpos em duas morgues separadas” em Durban, a maior cidade de Kwazulu-Natal, afirmou um representante do Departamento de Saúde da província, Nomagugu Simelane-Zulu, numa entrevista televisiva.

Inundações provocadas por chuvas torrenciais que se agravaram desde a passada sexta-feira causaram a destruição generalizada no sudeste do país.

O autarca de Durban (actual eThekwini), Mxolisi Kaunda, disse na terça-feira, numa conferência de imprensa, que a destruição da infra-estrutura municipal “é generalizada”.

“A maioria das centrais eléctricas da cidade foram inundadas e estamos a tentar restabelecer o fornecimento de electricidade aos municípios (…), as ruas não foram poupadas, neste momento é difícil estimar os prejuízos materiais, mas instamos a população a ficar em casa”, explicou.

O autarca sul-africano salientou que o Exército foi solicitado a intervir no reforço das operações de busca e salvamento em curso.

Mais de 500 estabelecimentos de ensino escolar foram encerrados hoje devido ao mau tempo, que já danificou 97 escolas, segundo as autoridades sul-africanas.

Cerca de 500 torres de telecomunicações na região costeira foram afectadas, anunciou a operadora sul-africana MTN.

Inforpress/Lusa

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us