Sobe para dez número de mortos na sequência de terramoto nas Filipinas

O número de vítimas mortais do terramoto que abalou na quarta-feira a ilha de Luzon, nas Filipinas, subiu para dez, anunciou o Conselho Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres das Filipinas (NDRRMC).

De acordo com o balanço mais recente feito pelo NDRRMC, 375 pessoas ficaram feridas, mais de 300 mil foram afetadas pelo desastre e pelo menos 34 mil tiveram de deixar as suas casas.

O terremoto causou movimentos de terra, bem como infraestrutura destruída. Quase cinquenta estradas e sete pontes foram afetadas, dificultando o trânsito.

O terramoto de magnitude 7 na escala de Richter desencadeou deslizamentos de terra e danificou edifícios.
O epicentro do sismo ocorreu numa área montanhosa.

As Filipinas ficam ao longo do “Anel de Fogo” do Pacífico, um arco de falhas tectónicas em redor do Oceano Pacífico, onde ocorre a maioria dos terramotos do mundo.

Um terramoto de magnitude 7,7 matou quase duas mil pessoas no norte das Filipinas em 1990.

Inforpress/Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us