Suicídio é uma saída que não compensa nem resolve os problemas, diz coordenador da Força Jovem Cabo Verde

O coordenador da Força Jovem Cabo Verde (FJU) São Filipe, Mário Mendonça, defendeu hoje, em São Filipe, que o suicídio não compensa e não resolve os problemas da vida.

A FJU promoveu este sábado, em parceria com alunos da escola Dr. Teixeira de Sousa, uma marcha pelas ruas da cidade de São Filipe para sensibilizar a sociedade sobre a problemática de suicídio, depressão e automutilação.

Com slogans como “Diga não ao suicídio e depressão”, a marcha que partiu do polidesportivo Simão Mendes, percorreu algumas artérias da cidade com passagem por Lém de Meio, Cruz dos Passos, Largo de Enacol, avenida Amílcar Cabral, Mercado Municipal, Praça João Paes de Vasconcelos/4 de Setembro e polidesportivo.

A marca denominada “Mega help”, segundo Mário Mendonça, é para conscientizar as pessoas sobre a situação de suicídio que se regista no país e no mundo, indicando que muitas pessoas, depois da pandemia entraram em depressão, desemprego e com a crise veio o desespero e desanimo que desembocou no suicídio.

Para Mário Mendonça, o suicídio pode ser uma saída, mas não dá solução para os problemas e, por isso, não compensa.
Depois da marcha os participantes concentraram ao polidesportivo Simão Mendes onde decorre um conjunto de atividades, com destaque para uma palestra sobre a problemática de suicídio, depressão e automutilação e outras atividades motivacionais e recreativas para mostrar as pessoas de que elas têm utilidades e valor.

“Muitas pessoas escolhem o suicídio porque pensam que já não têm mais valor e utilidade na sociedade”, referiu o coordenador da FJU, indicando que a “Mega help” é realizada todos os anos no mês de Setembro, que é dedicado à problemática do suicídio a nível nacional.

A FJU São Filipe é uma associação de “jovens visionários”, que trabalha em prol do bem-estar emocional e social dos jovens, e, segundo o coordenador, Mário Mendonça, a marcha de sábado, que acontece também a nível nacional, é uma iniciativa para chamar atenção da sociedade sobre estas problemáticas, que “têm aumentado de forma assustadora”.

A FJU tem realizado várias actividades que visam conscientizar os jovens a refletir e a redescobrir os seus talentos, através da dança, teatro, música e desporto de maneira saudável, para que possam contribuir para uma sociedade melhor.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us