VerdeFam atende mais de três mil jovens anualmente com serviços gratuitos de saúde sexual reprodutiva

O presidente da Associação Cabo-verdiana para a Proteção da Família (VerdeFam), Francisco Tavares, disse esta terça-feira, 12, que a organização atende mais de três mil jovens anualmente, com serviços de saúde sexual reprodutiva gratuita, além de outras exames complementares.

Francisco Tavares fez esta declaração à imprensa, à margem da visita do ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, à VerdeFam para discutir os desafios da instituição na saúde sexual reprodutiva em Cabo Verde.

Conforme apontou, a VerdeFam é muito procurada por pessoas de todas as idades, mas especialmente por adolescentes e jovens, sendo que anualmente, através dos postos móveis da entidade, nas comunidades são alcançadas a três mil pessoas.

“As nossas estruturas de saúde atendem também três mil jovens a título gratuito com serviços de saúde sexual reprodutiva, inclusive, com exames complementares através de projectos mobilizados e parcerias com o Ministério da saúde, mas também de receitas próprias da VerdeFam”, assinalou.

Segundo enalteceu, a VerdeFam o que ganha retribui à população jovem com os serviços gratuitos, considerando que, assim, estará a contribuir para não deixar ninguém para trás na área da saúde sexual reprodutiva.

Francisco Tavares destacou a “excelente cooperação” que vem sendo desenvolvida com o Ministério da Saúde, tendo em conta que a organização actua a título subsidiária na área da saúde sexual reprodutiva, apoiando as políticas de saúde que o Governo define.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest