Vulcão Cumbre Vieja obriga a deslocar cerca de 6 mil pessoas

Cerca de seis mil pessoas, incluindo cerca de 500 turistas, foram obrigados a deixar a área ao redor do vulcão Cumbre Vieja na ilha de La Palma, avançam as agências de notícias internacionais.

Quatro novos tremores abalaram a ilha de La Palma nesta terça-feira, dois deles de magnitude 3,2 e 3.0, que aconteceram em 5,06 e 8,08, respectivamente, avanca o jornal El Pais na sua edição online de hoje. Estes terremotos são um pouco mais leves do que os de segunda-feira às 21h32.m., que atingiu uma magnitude de 3,8, o mais forte desde que a erupção começou, de acordo com dados do Instituto Geográfico Nacional.

Depois da abertura de uma nova boca eruptiva, a nona até agora, deu-se lugar à evacuação dos vizinhos da área de Tacande, sendo que até agora cerca de seis mil pessoas foram já deslocadas para abrigos improvisados, para uma zona de exclusão de cerca de dois quilómetros.

O IPMA, em Portugal, já alertou que as cinzas podem chegar à ilha da Madeira.

Segundo avança a imprensa espanhola, o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, alterou a agenda e em vez de voar para Nova Iorque no domingo, como estava previsto, foi a La Palma para conversações com o governo das ilhas sobre a gestão desta emergência.

Pedro Sánchez que está com o ministro do Interior, Fernando Grande-Marlska, afirmou à imprensa que promete tudo fazer para recuperar o que foi perdido com a erupção.

A ilha estava em alerta para uma possível erupção desde o dia 11 de setembro, tendo registado até 1.000 terramotos só nos últimos cinco dias.

Os sismólogos espanhóis dizem que o vulcão poderá permanecer ativo durante meses.

Entretanto, contactado pelo Expresso das Ilhas, o Instituto vulcanológico das Canárias disse neste domingo que está descartada a hipótese de haver um maremoto de grandes dimensões, que poderia eventualmente afetar outros países, respondendo assim aos artigos de alguns “meios de comunicação que continuam a falar sobre este evento catastrófico”.

Foto: A lava ameaça a localidade de Paraíso no município de El Paso, após a erupção vulcânica na região de Cumbre Vieja. ( SAMUEL SÁNCHEZ )// El Pais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest