Tarja Halonen diz que implementação da lei da VBG deve ajudar o homem a construir uma nova “masculinidade”

A antiga presidente da Finlândia disse hoje que o trabalho da implementação da lei de Violência Baseada no Género (VBG) deve não só caminhar para resultados mais eficazes, mas também em ajudar o homem a construir uma nova “masculinidade”.

Tarja Halonen fez essa afirmação em declarações à imprensa, após sair de um encontro que manteve esta tarde com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

“Tivemos a oportunidade de discutir com o primeiro-ministro todos as formas da implementação desta lei por forma a que os resultados sejam mais eficazes”, disse, realçando a necessidade de se mudar a sociedade rumo à modernização e na busca de identidade de homens e rapazes.

Membro do World Leadership Alliance-Club de Madrid (WLA-CdM), que considera o desenvolvimento da sociedade como algo em que as organizações da sociedade civil possam ajudar a conseguir, Tarja Halonen defendeu ainda um maior apoio do poder político neste domínio.

A visita de três dias de Tarja Halonen a Cabo Verde visa fomentar um diálogo conjunto para fortalecer o engajamento de actores políticos e entidades públicas quanto à implementação do Roteiro Participativo para a melhoria da implementação da Lei VBG em Cabo Verde.

Além dos encontros mantidos hoje com alguns membros do governo, a ex-presidente da Finlândia manterá esta quinta-feira encontro com o Presidente da República.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest