Sindicatos esperam que empresas de segurança privada cumpram pagamento com nova grelha salarial

Sindicatos esperam que empresas de segurança privada cumpram pagamento com nova grelha salarial

O presidente do Sindicato da Indústria, Serviços Comércio, Agricultura e Pesca (SISCAP) disse hoje esperar que as empresas de segurança privada cumpram o pagamento aos trabalhadores com base na nova grelha salarial.

 

Eliseu Tavares fez esta declaração à Inforpress, após uma reunião com alguns sindicatos e a Associação Nacional das Empresas de Segurança Privada (ANESP).


Conforme apontou, em algumas empresas e em alguns postos de trabalho já começaram a fazer a actualização da nova grelha salarial, mas, indicou, é um processo que nem sequer chegou a meio, na medida em que o grosso das empresas não conseguiu ainda negociar com os clientes.


“No entanto, tivemos o compromisso das empresas em assumirem o pagamento do salário conforme a nova grelha, e em algumas situações serão pagos de forma retroactiva”, disse.


Por outro lado, realçou, da parte de alguns sindicatos há “uma certa compreensão”, mas ainda não se pode falar de entendimento, pelo que não coloca de lado eventuais lutas.


Eliseu Tavares avançou que, no passado mês de Novembro, foi acordado com o Governo e com a ANESP um prazo de seis meses em que todas as empresas de segurança privada deveriam se esforçar para adoptar a nova grelha e o preço que têm estado a receber dos clientes para se aproximarem do Preço Indicativo de Referência.


Infelizmente, salientou, passado todo esse tempo não foi cumprido, apesar de “algum esforço” por parte das empresas.


Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest